Fique Sabendo Benficanet - 16/11/2017
Comunidade de Benfica e região busca soluções para enfrentar a insegurança e a violência

402 acessos

Foto por: Benfica Bem Melhor 

Segundo associação de moradores o encontro foi produtivo no sentido de ouvir várias perspectivas sobre o problema da segurança e violência em Benfica.

O jovem Ruanderson, presidente do Grêmio do Polivalente Benfica, foi uma grande inspiração para todos ao contar o que realizaram na escola com o projeto Recriar e reivindicar que os jovens sejam mais ouvidos nas questões que os envolvam.

Haviam representantes de diversos setores: comerciantes, agentes da Pastoral do Menor, associações de moradores da Barreira, Nova Benfica, Vila Esperança, assistente social da Casa do Acolhimento, CREAS, entre outros.

Entre as falas foi mencionada a necessidade da população denunciar pelo 181, investir em projetos sociais, e pressionar o estado em investir na polícia também.

Ficou definido que vamos fazer um documento para deixar registrado junto aos órgãos relacionados à segurança, a necessidade de fazer estes encontros de forma mais periódica e nos unir para fortalecer ações que possam diminuir a violência na nossa região.

Estavam presentes as autoridades: Capitão França, comandante da Cia 173; Patrícia Ribeiro de Souza Oliveira, Delegada Regional da Polícia Civil; José Márcio, supervisor da Guarda Municipal; Delegada Sheila Oliveira; Cido Reis; Charlles Evangelista; Kennedy Ribeiro; Sargento Mello - Casal; Ruanderson Costa, presidente do Grêmio do Polivalente Benfica.

_________________________________________________________________________________________________
Matéria anterior - 14/11/2017

A Associação de Moradores do Bairro Benfica (AMBB) realizará na próxima terça-feira (14) uma reunião sobre a segurança no bairro e região. Foram convidados representantes da Secretaria de Segurança Urbana e Cidadania (Sesuc), Ministério Público, Judiciário, Polícia Civil e Polícia Militar. Confirmadas as presenças das autoridades: Guarda Municipal, Secretaria de Segurança Urbana e Cidadania, Polícia Militar, vereadores: Cido Reis, Charlles Evangelista, Kennedy Ribeiro, Delegada Sheila Oliveira, Wanderson Castelar.

A iniciativa tem por objetivo mudar a visão sobre a região e buscar soluções conjuntas para o combate à violência e criminalidade. A Zona Norte concentra o maior número de homicídios da cidade, quase 30%.
No dia 11 de outubro, houve um homicídio próximo à capela mortuária que é usada pela comunidade e, recentemente, dia 29, um jovem foi assassinado em um bar na praça principal, ao lado do posto de polícia.

"A sensação de insegurança é muito grande com roubos a mão armada e roubos frequentes no comércio, tanto na região central, quanto na periférica. Reconhecemos todos os esforços feitos até agora, mas precisamos discutir novas estratégias e construir alternativas no combate à violência", afirma Aline Junqueira, presidente da associação.

Muito importante a comunidade se unir e propor, pois Benfica é um grande polo da Zona Norte que é uma região cheia de trabalhadores e trabalhadoras, muito desenvolvida economicamente no comércio, na indústria, na prestação de serviços e com uma grande rede de educação pública e privada.

A reunião será realizada no dia 14 de novembro, 19h, no Centro Cultural de Benfica, rua Tomé de Souza, 200.

  
   Comente!

___________________________________________________________________________________________________________
© direitos reservados desde 2008 -  benficanet.com - contato@benficanet.com